Artigos

 

25.07.2016

Blindagem necessária

Por Germano Rigotto


O Brasil tem dificuldade cultural em separar as funções de governo das funções de administração. Nosso sistema presidencialista reforça essa confusão. Como as duas tarefas são atinentes ao Poder Executivo, tudo parece ser igual. Mas não é. O governo é o condutor político do processo de governança. Em termos de pessoal, reúne os eleitos e ....


18.07.2016

Rodrigo Maia: liderança à prova

Por Germano Rigotto


A prática do nosso modelo político mostra que o Congresso Nacional, sem o protagonismo do Palácio do Planalto, não consegue ter efetividade de pauta e ativismo. O presidencialismo de coalizão conduz a direção política ao Poder Executivo, que exerce forte influência sobre o Legislativo. Normalmente é a presidência da República, acionando a liderança do governo ....


11.07.2016

A lógica financista não tirará o país da crise

Por Germano Rigotto


Há sinais positivos, ainda que tímidos, em relação aos movimentos do governo interino na área econômica. De fato, o presidente Michel Temer blindou a equipe de pressões políticas e escolheu nomes técnicos, de reconhecida competência. Todavia, algumas visões parecem persistir. Não se pode imaginar que o Brasil voltará aos trilhos sem enfrentar a alta taxa ....


4.07.2016

Todos querem segurança

Por Germano Rigotto


O orçamento público é um só. As demandas são maiores do que as possibilidades. Sobre esse espaço entre o dinheiro que existe e as necessidades sociais, acontece uma parte importante do debate público. Onde gastar mais e por primeiro? Pois governar é isto: fazer opções. Trata-se de escolher o que é prioritário e urgente. Mas, ....


27.06.2016

Todos perdem com a decisão do Reino Unido

Por Germano Rigotto


As consequências da saída do Reino Unido da União Européia ainda estão em curso. É difícil de avaliar toda a extensão dos efeitos dessa decisão. Só teremos uma noção mais exata durante o transcurso desta e das próximas semanas. Ainda na sexta-feira passada, por exemplo, a Libra caiu em 10%, atingindo o menor índice desde ....


20.06.2016

Comércio internacional: em busca do tempo perdido

Por Germano Rigotto


Um dos maiores erros cometidos nos últimos anos, na gestão da macroeconomia brasileira, foi o apequenamento do país frente ao comércio internacional. A maioria das decisões tomadas na área, infelizmente, foi conduzida por critérios que não priorizavam os benefícios comerciais. A opção foi emparceirar com países politicamente alinhados, dando mais importância para a....


13.06.2016

Um novo paradigma de transparência e controle

Por Germano Rigotto


Não há nada mais moderno, no ambiente da administração pública, do que a transparência. As manifestações populares que começaram em 2013 exigiram essa atualização. É preciso encontrar um novo paradigma sobre o comportamento dos governos e dos governantes nesse sentido. Isso implica também aumentar e qualificar as ferramentas e as instituições de controle. É verdade ....


6.06.2016

Os municípios e uma nova lógica federativa

Por Germano Rigotto


Começo este artigo convidando ao leitor para um exercício de lógica. Um município próspero social e economicamente, gerador de impostos e com grande capacidade produtiva decide fazer alguns poucos quilômetros de asfalto e ampliar o número de creches para crianças. O prefeito, porém, para conseguir dinheiro com essa finalidade, precisará comprar passagem com destino a ....


30.05.2016

Temer perante a contradição da pressa

Por Germano Rigotto


Tenho falado sobre o pouco tempo que o governo Temer possui para gerar um clima de confiança política e econômica no país. Por enquanto, a desconfiança segue sendo majoritária no sentimento das pessoas. Na área da economia, apesar da positiva aprovação de uma nova meta fiscal pelo Congresso, a equipe econômica ainda não teve tempo ....


23.05.2016

A falência do sistema e seus exemplos

Por Germano Rigotto


Preciso voltar a um assunto que tem sido recorrente em meus últimos artigos: o nosso presidencialismo de coalizão. Ocorre que, tanto o afastamento de Dilma quanto os primeiros dias de Temer, são fartos em exemplos de quão contraditório e ultrapassado é o sistema de governo do Brasil. O presidencialismo, por si só, está em desuso ....