Panorama

 

4.12.2017

Brasil no ranking do PIB II

 

O desempenho brasileiro ficou bem abaixo do obtido pelos sul-americanos Chile (alta de 1,5%) e Colômbia (0,8%) ou de emergentes asiáticos como Tailândia (1%), China (1,7%) e Malásia (1,8%). Mesmo na comparação com os países ricos, que costumam ter um desempenho inferior ao dos emergentes, o Brasil ficou para trás. Os EUA, a Alemanha e a Espanha cresceram 0,8%, Itália e França, 0,5%, e o Reino Unido, 0,4%, por exemplo.